terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Não sabia

"Mãe, no teu tempo os meninos escreviam com pena ou com caneta?"
"Com caneta, filha, claro!" respondi entre estupefacta e bem humorada.
"Ah! Não sabia que a caneta era uma coisa tão antiga."

Sou eu que por regra acompanho a mais velha nos trabalhos de casa. Tento ser atenciosa e prestável, sem lhe condicionar o esforço individual. Normalmente corre bem. Às vezes fico sem paciência e outras vezes fico tão surpreendiada com a forma como ela observa o mundo.

1 comentário:

Borboleta Serrana disse...

Os filhos são os nossos tesouros, com os quais somos constantemente surpreendidas com as suas questões e afirmações e mesmo com certas atitudes! A maioria das vezes são surpresas boas e hilariantes, outras vezes é de uma "santa" perder a cabeçá. Mas uma certeza e que são os tesouros que mais acarinhamose protegemos e que não há nada com maior valor, são a nossa maior riqueza!