sexta-feira, 12 de março de 2010

Nós nascemos para ter asas, meus amigos.

Ontem fomos fazer sementeiras para a horta, depois da escola.
Forrei umas caixas de fruta com jornais velhos (depois mostro fotografias) e enchi-as com terra, para que funcionem como viveiros.
Depois de um lanche de iogurtes (quase, quase a dar início à temporada dos piqueniques) deitámos os 3 mãos à obra, sob a vigilância do mais pequenino, que nos olhava curioso, sentado no "ovo".
Quando estava na tarefa de forrar as caixas com os jornais dei uma leitura rápida à página que tinha na mão, do Expresso de dia 20 de Fevereiro e encontrei este tesouro:

"Nós nascemos para ter asas,
meus amigos.
Não se esqueçam
de escrever
por dentro do peito:
nós nascemos para ter asas.
(...)Aceitemos esta hipótese,
apesar
de não termos dela
qualquer confirmação prática.
Por hoje é tudo.
Abram as janelas.
Podem sair."

José Fanha, Asas


Bom fim de semana para todos!

3 comentários:

Sara T. disse...

Bom fim de semana linda!!!
Muitos beijinhos de borboletas de asas no coração

Elsa Alcobia disse...

Tu és mesmo uma mulher valente!!!!

:)

Sandra R. disse...

escreveste há 1 mes e só leio hoje... nascemos para ter asas e voar... às vezes molhamos as asas... e temos de esperar por dias de sol para as por a secar... (obrigado pelo almoço de hj Cristi! foi tão bom...)