terça-feira, 2 de agosto de 2011

A costura continua








Pouco texto e algumas fotografias, só para mostrar que por aqui ainda se costura. As férias grandes estão em pleno, a casa está alegre, com muitos risos de criança. Aproveito as manhãs e as sestas para trabalhar com a agulha e o trabalho avança lentamente e a um ritmo doce.
Ontem houve trovoada, o céu estava lindo e o que eu queria mesmo fotografar era o maravilhoso cheiro que se sentia no ar a terra molhada.
A grua amarela que está em cima da minha mesa de trabalho foi tirada do baú de brinquedos do pai. Tem feito as delícias dos rapazes e como a acho linda deixei-a ficar para a fotografia. É uma luta diária por um espaço nesta mesa. À grua costuma juntar-se a caixa do lego, as minhas revistas de decoração antigas para a mais velha folhear e recortar, as caixas de DVD do Tom Sawyer, do Pedrito Coelho e do Capuchinho Vermelho (numa versão modernaça que os conquista pelas músicas) , os telemóveis de brincar, lápis de cor, elásticos e papéis infindáveis e minúsculos, recortados e desenhados com mil propósitos.

2 comentários:

Sara Grilo disse...

Que bom poder disfrutar assim da companhia dos seu filhotes.
Embora eu também saiba que há aquelas horas de ponta em que só pensamos "quando é que volto a ter umas horas só para mim?".
Sara

Cristina Lopes disse...

É bem verdade, sara. Acredita que só hoje me estou a sentar em frente ao computado para actualizar o blog?
A sua manta já está restaurada.