terça-feira, 18 de junho de 2013

A nossa menina




Quando o pai e eu saímos de casa, de manhã bem cedo, em direcção à maternidade, o dia prometia tornar-se risonho. Olhei para cima e vi o céu limpo, a nossa varanda cheia de flores e  as andorinhas a voar num grande frenesim; uma carrinha de pão abastecia as mercearias mais próximas. Alegria, liberdade e alimento. Ela nasceu duas horas depois.
Isto aconteceu há uma semana atrás. Eu sinto que a conheço desde sempre.

2 comentários:

Marlene Rodrigues disse...

Muitos parabéns pela vossa menina!
Muitas felicidades!

Alfacinha e companhia disse...

Muitos Parabéns!!!

Que sejam todos Felizes!

BJs.